Consultor, transforme seus negócios com Social Selling

Você já pensou nas oportunidades de novos negócios que podem ser gerados utilizando Social Selling? Seus negócios podem aumentar consideravelmente e o reconhecimento da sua marca pessoal também. Tudo vai depender de como você utiliza essa estratégia.

Mas, afinal o que é Social Selling?

Social Selling é literalmente a venda social. Usar as redes sociais para alavancar negócios corporativos, obter informações sobre as empresas que você quer prospectar, gerar leads de melhor qualidade, criar relacionamentos. E assim, economizar tempo e investimentos.

No gráfico do Google Trends você pode perceber o crescimento da prática no decorrer dos anos.

O mundo mudou, os clientes mudaram, os negócios também. Velhos caminhos não abrem novas portas. Pelo contrário, pode ser um atestado que você ficou no passado em relação à sua carreira e seus negócios.

Com a retração e instabilidade econômica vivida nos últimos anos, a atividade de consultoria se mostrou uma opção para muitos profissionais. Por isso, é fundamental que o consultor esteja preparado para as novas realidades do mercado em constante transformação. As famosas cold calls (chamadas frias ) e abordagens puramente de interesseiras,  já eram.

Se você é um consultor que acompanha as novas tendências e está alinhado com as modernas formas de engajar clientes. Uma das ferramentas que você deve utilizar é o Linkedin. A rede social Linkedin pode ser amplamente utilizada para prospecção, criar oportunidades, relacionamentos de confiança e reconhecimento de marca.

Se quiser ter ideia do potencial do mercado mesmo em retração, um site muito interessante, é o Empresômetro (API – Inteligência de Mercado). Acompanhe meu raciocínio, são quase 20 milhões de empresas ativas no Brasil. No Empresômetro você pode acompanhar busca por estado, cidades, setor, atividades de forma gratuita. Claro, que se você quiser informações personalizadas – o site oferece uma base de dados muito maior. Por que coloquei o site como referência? Simples, se considerarmos que cada empresa tem um perfil ativo (empresa ou decisor) no Linkedin o potencial é incrível.

No Brasil, o Linkedin teve um crescimento de 25% no ano de 2016. Somos o terceiro maior mercado da rede social, com 25 milhões de perfis conectados. E dentro desses perfis, milhões deles trabalham em empresas que você quer vender seus serviços.

Algumas dicas para melhorar seu Social Selling:

Perfil PROFISSIONAL. Mesmo, que você tenha um perfil de empresa, não se esqueça – fazemos negócios com pessoas. A relação é Human to Human (Humano para Humano). Um perfil desatualizado, foto inadequada, conteúdo fora do contexto empresarial, posts sobre correntes, fake news e coisas do gênero não agregam e afastam decisores e não criam influenciadores do seu negócio. Antes, da página empresarial – pense na sua própria marca pessoal. Isso inclui seu comportamento nessa rede social e em outras. As pessoas julgam o que estão vendo. Tudo é visto e lembrado por algum tempo, o que você escreve em comentários, em posts, curte e até suas reações emocionais em todas as redes. Hoje, empresas utilizam o People Analytics para acompanhar os sentimentos dos seus colaboradores, contratação de funcionários e até informações sobre fornecedores. Crie sua marca pessoal de forma inteligente.

Use o Pulse para dar espaço a um marketing de conteúdo agregador. Publique textos de valor para sua audiência. Fale sobre os assuntos que você realmente gosta e domina. E não caia em modismos, se você não domina o assunto ou não o estuda com profundidade – melhor não escrever. Empresas procuram pessoas interessantes para fazer negócios e não interesseiras. Se você é um consultor financeiro – escreva sobre assuntos dessa natureza, e que em especial façam sentido para o público, que quer alcançar. Aliás, dentro do segmento consultoria, essa é uma das especialidades que mais cresce.

Estabeleça EMPATIA – um dos principais pilares do Design Thinking – a capacidade psicológica de se colocar no lugar do outro. Viver e sentir as dores do seu futuro cliente para gerar soluções. Dê soluções e conteúdos que façam seu target evoluir.

Se você não entende de pessoas, você não entende de negócios!!!!

Explore Os Grupos do Linkedin: eles ajudam a demonstrar seu conhecimento e a se conectar com potenciais clientes. Compartilhe conteúdos relevantes para as pessoas. O próprio Linkedin fez uma pesquisa com as empresas BtB e constatou: “Muitos compradores ignoram facilmente mensagens de marketing genéricas, mas a pesquisa do LinkedIn descobriu que 64% dos compradores B2B gostam de serem contatados com informações relevantes para seu negócio.” Agregue valor contínuo para seu público-alvo. Engaje com conhecimento.

Sales Navigator: ferramenta que facilita criar e aprofundar relacionamentos com seus atuais clientes e potenciais. Você pode refinar e mapear buscas por função, se é o proprietário, o CEO, o Diretor, o tamanho da empresa, o setor e demais informações. É possível também ter um panorama de vendas e dos potenciais clientes. Pesquisa de perfis ilimitada.

Em pesquisa feita pelo Linkedin em 2016, 50% dos negócios são perdidos quando você não é a primeira empresa a apresentar seu produto ou serviço. Seja rápido e efetivo. Crie escalabilidade em suas vendas como consultor.

Lembre-se o Linkedin é uma rede profissional: utilize a seu favor. Gaste mais do seu tempo trabalhando seus potenciais clientes, investigando, estudando, produzindo para eles, monitorando e construindo relacionamentos sólidos, do que fazendo mídia de palco. Os resultados chegarão quando você direciona seu foco.

Muito obrigada por você chegar até aqui! Até a próxima.

Consultora Empresarial membro da ABRACEM, Facilitadora de Treinamentos de Co-Criação e Design Thinking, Business e Career Coach, Analista de Perfil Comportamental. É Associate Partner da DMEX - Start Making Sense - Especializada em construção e treinamentos de equipes multidisciplinares, consultoria e mentoria em inovação, estratégias digitais, Lean Startup e Design Thinking para Startups, Empreendedores e Corporações. Conheça mais em: https://youtu.be/MEwpMKoWf2c

Adoraríamos ver seus comentários

Comente/Avalie

Artigos Blog